Pessoas inteligentes que gostam da verdade

31 de março de 2015

O afundamento do Japão

  
  
Esta sexta-feira dia 20/03/2015, eu fiz uma visita à cidade de São José do Rio Preto-SP, no norte do Estado de São Paulo, pra conversar pessoalmente com o Vidente Carlinhos, aquele que acertou os resultados da Copa de 2014. Ele veio fazer uma visita em 
São José do Rio Preto e eu aproveitei pra me consultar com ele.
  
Pra quem não conhece o Vidente Carlinhos, veja aqui:
        
          
Ele falou do afundamento do Japão em entrevistas para WEB, mas comigo ele falou pessoalmente também, e CONFIRMOU que irá afundar mesmo!
Disse que é um fato consumado!
Que não tem jeito de escapar.

Disse-me que o Japão vai AFUNDAR no mar SIM!
   
O encontro/choque das placas tectônicas provocará um terremoto tão grande, mas tão devastador, sem precedentes, que irá derrubar tudo que estiver na superfície do Japão, e inclusive irá afundar toda a ilha no mar.
  
A terra do sol nascente vai descer, e a água vai encobrir tudo.
    
      
No terremoto de 11/03/2011, que gerou aquela tsunami devastadora, provocou o afundamento da costa japonesa em 66 centímetros.
   
Veja aqui:
       
    
Veja nesses outros vídeos como tudo está sob ameaça.
Sofrem com a liquefação do solo, e além disso, o solo se mexe constantemente por lá.
   
    
  
A maioria dos japoneses irá morrer nessa catástrofe, e aqueles que sobreviverem serão trazidos para o Brasil, sendo que uma parte irá morar no norte do Paraná, uns tantos outros irão para o interior de São Paulo, na região de Pereira Barreto - SP, e a maior parte deles irá morar na cidade de Mogi das Cruzes - SP, cidade da região metropolitana da Grande São Paulo, onde já existe uma colônia japonesa muito grande e centenária, que inclusive, tem um parque comemorativo, chamado Parque Centenário da Imigração Japonesa, com um lago e uma réplica do navio Kasato Maru que trouxe os primeiros imigrantes ao Brasil.
 
    
Pelo jeito, essa cidade da região metropolitana da Grande São Paulo, terá de mudar de nome, depois das catástrofes terá de mudar o nome para "Mogi do Sol Nascente", ou então "Nihon das Cruzes".
Ou dividirão o território mogiano em dois, sendo um deles a cidade atual, e o outro formado por maioria esmagadora de japoneses, podendo chamar esse novo município de "NOVA JAPÃO", ou "Nihon do Brasil", ou "Terra do sol poente" (visto que estão no ocidente e não mais no oriente).
   
O site do Carlinhos Vidente é este:
   
  
A agenda dele aparece logo na primeira página.
Clique na cidade que ele atenderá, e saberá os dias exatos.
Ele atualiza a agenda regularmente.
    
Pra que ele vá em sua região, basta arrumar um local adequado para ele ficar, para ele atender e receber as cestas básicas para doação em sua cidade, e entrar em contato com ele pelos telefones disponíveis no site, e combinar.
    
Para ser atendido por ele é muito fácil.
 
É só levar uma cesta básica no valor mínimo de 50 reais, para ele doar às pessoas carentes, e esperar para ser atendido.

  
Ele responde sobre as coisas pessoais que forem possíveis dele detectar, e que a pessoa for capaz de aceitar a revelação que ele faz.
Pode perguntar o que quiser, que ele responde dentro das possibilidade dele.
As captações ou visões que ele tem, são imagens captadas da aura ou do espírito da pessoa, ele vai filtrando as imagens cruzadas e misturadas, e vai falando a medida que as coisas vão ficando claras.
 
Pra mim foi muito bom.
  
Perguntei coisas sobre o Brasil, e segundo ele, mais coisas vão aparecer na política nacional, serão coisas muito mais graves que a operação Lava Jato do Petrolão.
   
O Petrolão será coisa miúda diante do que virá.
   
Isso irá estourar quando abrirem a caixa preta do BNDES.
  
  
  
Disse-me o Carlinhos, que a Dilma não resiste...

   
Ou ela renuncia, ou a pressão popular será tão forte, tão grande, que vai fazer o Congresso impichar essa vaca...
   
É assim que escreve? Impichar?
Existe esse verbo na Língua Portuguesa?
Sim ou não, certo ou errado, não importa!
O que importa é o fato!
    
   
Não acredito em impeachment, como disse num artigo anterior.

A meu ver, isso só vai acontecer se envolver mais políticos, e for algo muito grandioso, que obrigue todos os bandidos a se mexer pra se salvarem e preservarem seus cargos, seus postos, seus poderes, seus esquemas de corrupção. E então, talvez, eles entreguem a Dilma ao povo, impichando-a  pra satisfazer a multidão, e aplacar a fúria das massas, e calar a voz das ruas.
   
Caso as pressões sejam mesmo muito fortes, creio em renúncia, pois ela não irá resistir tanto ódio e cobranças sobre ela, ainda mais que está VELHA, mal acabada, e com a doença aflorando novamente.
 
Vamos ver...
   
  
Achei isso muito interessante... assistam.
  
 
A tal punhalada que a mulher fala no vídeo, pelo jeito será do Lula e dos companheiros do PT e do PMDB pra entregar a Dilma, pra tentar salvar a quadrilha...
 
 
 
Ainda sobre o Japão, o Laércio Fonseca fala sobre isso, ele cita brevemente de passagem no vídeo que fala dos SINAIS do fim dos tempos.
 
Assista:
     



   
  
  

29 de março de 2015

Minha opinião pra tirar o PT e as esquerdas definitivamente do poder


RENÚNCIA?
 
     
    
IMPEACHMENT?
 
    
    
INTERVENÇÃO MILITAR?
 
     
SERÁ QUE ALGUMA DESTAS TRÊS OPÇÕES MUDA O BRASIL?

NA MINHA OPINIÃO, NÃO!
    
APENAS DARÁ UMA MUDADA PARCIAL, MAS SEM RESULTADOS DEFINITIVOS A LONGO PRAZO.

SERÃO MEDIDAS PALIATIVAS E IMEDIATISTAS, DE CURTO PRAZO, INEFICAZES, APENAS PRA ENGANAR O POVO, ILUDINDO A MASSA COM A FALSA SOLUÇÃO. 
   
ENTENDA PORQUE ESTOU DIZENDO ISSO LENDO O ARTIGO NA ÍNTEGRA.
  
   

VOU COMEÇAR PELA OPÇÃO DA INTERVENÇÃO MILITAR.
    
NÃO ACREDITO EM INTERVENÇÃO MILITAR, PORQUE ISSO NÃO VAI ACONTECER!
  
SÓ SE O MST E OUTRAS ORGANIZAÇÕES TERRORISTAS PRATICAREM ATOS DE BARBÁRIE, VANDALISMO GENERALIZADO, E COMEÇAR A CAUSAR MUITAS MORTES E PERPETRAR MUITOS ATOS DE VIOLÊNCIA EXAGERADA, QUE OBRIGUE A UMA AÇÃO ENÉRGICA DO ESTADO, E OS MILITARES SEJAM OBRIGADOS A AGIR CONTRA ESSES GRUPOS PARAMILITARES.
MAS NESSA SITUAÇÃO EXTREMA, ELES NÃO VÃO INTERVIR PRA TIRAR AS ESQUERDAS DO PODER, ELES VÃO APENAS COIBIR A VIOLÊNCIA E PRENDER OS MARGINAIS. NADA MAIS.
  
OS MILICOS NÃO QUEREM INTERVIR, POIS A IMPRENSA, E O SENSO COMUM CRIADO POR ESTA ÚLTIMA, SÃO CONTRA ELES.
VEJAM SÓ AS REPORTAGENS DAS EMISSORAS DE TV, AS TRANSMISSÕES DE RÁDIO, E AS MATÉRIAS ESCRITAS DOS PRINCIPAIS JORNAIS SOBRE AS MANIFESTAÇÕES DO DIA 15/03/2015.
REVEJA ESSAS COBERTURAS DA GRANDE MÍDIA SOBRE O DIA 15, E VOCÊ VERÁ ESSES JORNALISTAS CANALHAS DIZENDO QUE NO MEIO DAS MANIFESTAÇÕES TINHA GENTE PEDINDO "A VOLTA DA DITADURA MILITAR".
  
ORA ORA...
  
NINGUÉM ESTAVA PEDINDO A VOLTA DA DITADURA MILITAR.
ATÉ PORQUE NUNCA HOUVE DITADURA MILITAR.
O QUE HOUVE FOI UM REGIME MILITAR, QUE É BEM DIFERENTE.
QUEM CHAMOU O REGIME DE DITADURA, FOI A ESQUERDA, ESSA MESMA QUE ESTÁ NO PODER AGORA.
BEM,
   
ALÉM DISSO, OS CARTAZES ERAM PETIÇÕES DE INTERVENÇÃO MILITAR, E NÃO DE DITADURA.
  
OU ESSES JORNALISTAS SÃO BURROS, OU SÃO MAL INTENCIONADOS.
  
CLARO QUE, QUEM CONHECE A GRANDE MÍDIA, SABE QUE SÃO MAL INTENCIONADOS MESMO!
BANDO DE ESQUERDISTAS FILHOS DA PUTA PUXA SACO DO GOVERNO PETRALHA E DAS DEMAIS FACÇÕES DE ESQUERDA ALIADAS OU CONCORRENTES DESTE GOVERNO BOLCHEVIQUE BOLIVARIANO CANALHA DO INFERNO.
  
SE O EXÉRCITO INTERVIR, PRA PRENDER ESSA GENTE TODA, E LIMPAR A POLÍTICA CONVOCANDO ELEIÇÕES GERAIS PARA SUBSTITUIR OS POLÍTICOS CASSADOS, A IMPRENSA VAI MANIPULAR E TODA A MILITÂNCIA ESQUERDISTA DE TODAS AS FACÇÕES, BEM COMO SEUS AJUDADORES ESTRANGEIROS E A IMPRENSA INTERNACIONAL CONTROLADA PELOS GLOBALISTAS, GEORGE SOROS, E OUTROS, BEM COMO A RÚSSIA E A CHINA, E PAÍSES VIZINHOS DO BRASIL, VÃO FAZER AQUELE FESTIVAL DE HISTRIONISMO, DIZENDO QUE É GOLPE DO IMPERIALISMO NORTE AMERICANO, QUE ISSO É A VOLTA DA DITADURA, VOLTA DOS ANOS DE CHUMBO, REPRESSÃO, FASCISMO, E NÃO SEI MAIS O QUÊ, E BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ... 
   
TODA AQUELA CONVERSA FIADA QUE A GENTE ESTÁ CANSADO DE SABER QUE ELES VÃO FAZER E FAZEM O TEMPO TODO.
   
VEJA QUE ATÉ AQUI NÃO FALEI NADA DE MILICO TOMAR O PODER, APENAS INTERVIR PARA PUNIR OS BANDIDOS QUE NÃO SÃO PUNIDOS PELAS INSTITUIÇÕES QUE DEVERIAM AGIR PARA COLOCAR ESSES CANALHAS ATRÁS DAS GRADES, DEVIDO AO APARELHAMENTO DOS ÓRGÃOS E PODERES DA REPÚBLICA.
  
BEM, NÃO VEJO PERSPECTIVA PARA UMA INTERVENÇÃO, EXCETO PRA CONTER O CAOS SOCIAL CAUSADO PELOS MILITANTES DA EXTREMA ESQUERDA, QUE COLOCARÁ O "EXÉRCITO DO STÉDILE" NAS RUAS E OUTRAS FACÇÕES TERRORISTAS DA EXTREMA ESQUERDA NACIONAL E INTERNACIONAL.
  
MAS CASO A TAL INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL VENHA A ACONTECER, OS MILICOS SÓ IRÃO PRENDER OS MARGINAIS DO PODER, E NÃO FARÃO MAIS NADA.
ELES NÃO IRÃO PROIBIR O MOVIMENTO COMUNISTA, NEM PRENDER OS MILITANTES, NEM FECHAR PARTIDOS MARXISTAS, NEM NADA.
  
OS ESQUERDOPATAS APENAS PERDERÃO O PODER MOMENTÂNEO, MAS CONTINUARÃO A AGIR NA SOCIEDADE, MANIPULANDO TUDO, A CULTURA, AS UNIVERSIDADES, O JORNALISMO, A POLÍTICA, ETC...
E DAQUI A ALGUNS ANOS ESTARÃO DE VOLTA AO PODER, COM OUTRO DISCURSO POPULISTA, MASCARADOS COM OUTRAS IDEOLOGIAS, DISFARÇANDO O PLANO TOTALITÁRIO, POIS ESSA GENTE NÃO DESISTE NUNCA, SÓ PENSAM EM PODER ABSOLUTO O TEMPO TODO, E A MERDA IRÁ CONTINUAR...
   
E MESMO ANTES DELES VOLTAREM AO PODER, ELES CONTINUARÃO NOS BASTIDORES DOS PODERES E DOS PARTIDOS, ATUANDO PARA MELAR TUDO, ATRAPALHAR E CONTAMINAR TUDO COMO SEMPRE FIZERAM, FAZEM, E SEMPRE IRÃO FAZER, POIS ESSA É A MENTALIDADE DELES, A MORALIDADE PORCA DELES, E É A VERDADEIRA ÍNDOLE E NATUREZA DESSA RAÇA DESGRAÇADA!
  
NÃO ACREDITO EM INTERVENÇÃO MILITAR!
E CASO EU QUEIME A LÍNGUA, OPS, MELHOR DIZENDO, OS DEDOS, POIS ESTOU ESCREVENDO, CASO OS MILICOS FAÇAM ISSO, E INTERVENHAM, E PRENDAM ESSA GENTE TODA, ISSO NÃO VAI IMPEDIR ESSA GENTE DE ATUAR NA SOCIEDADE E CONTINUAR A CORROMPÊ-LA!
  
POR ISSO, EU QUERO A MORTE DELES.
    
  
   
AGORA O IMPEACHMENT.

PORQUE EU NÃO ACREDITO EM IMPEACHMENT?
É MUITO SIMPLES. 
  
PORQUE PRA OCORRER ISSO, SERÁ PRECISO PRIMEIRAMENTE O PRESIDENTE DA CÂMARA ACEITAR O PEDIDO A ELE ENCAMINHADO.
SE ELE ACEITAR, DEVERÁ SUBMETER O PEDIDO A VOTAÇÃO DO PLENÁRIO.
SE O PLENÁRIO APROVAR, SEGUE PARA O PRESIDENTE DO SENADO AVALIAR.
SE O PRESIDENTE DO SENADO ACEITAR, ELE COLOCA EM PAUTA PARA VOTAÇÃO NO PLENÁRIO DO SENADO.
SE O PLENÁRIO DO SENADO APROVAR, E DESSE MODO O PEDIDO DE IMPEACHMENT CONSEGUIR PASSAR PELAS DUAS CASAS LEGISLATIVAS, AÍ SIM, O PEDIDO SEGUE SEGUE PARA O STF JULGAR A PROCEDÊNCIA...
 
DEPOIS DE TUDO ISSO FEITO, DEPOIS DE TODO ESSE CAMINHO, TODO ESSE TRAJETO, TODA ESSA JORNADA, É QUE O PRESIDENTE DO STF COLOCA A MATÉRIA PARA VOTAÇÃO NO PLENÁRIO.
SE A VOTAÇÃO FOR A FAVOR DO PEDIDO, ENTÃO É DECLARADO O IMPEACHMENT!
VEJAM O TAMANHO DA DIFICULDADE E A DEMORA DESSE PROCESSO!
  
TEM QUE TER, SE NÃO ME ENGANO, 3/5 OU 3/4 DA CÂMARA, E O MESMO PERCENTUAL NO SENADO.
LEMBRANDO QUE TEM RENAN CALHEIROS NA PRESIDÊNCIA DO SENADO, E TEM LEVANDOWSKI, BARROSO, ZAVASCKI, TÓFFOLI, ROSA WEBER, NO STF.
   
VOCÊS ACHAM MESMO QUE O PEDIDO DE IMPEACHMENT VAI PASSAR?
  
É CLARO QUE NÃO!!!
 
QUEM TEM O MÍNIMO DE JUÍZO NA CABEÇA SABE QUE ISSO NÃO VAI PASSAR!
MESMO QUE 100% DA POPULAÇÃO SAIA ÀS RUAS NAS MANIFESTAÇÕES PROGRAMADAS PARA O DIA 12/04/2015 E NAS FUTURAS MANIFESTAÇÕES QUE SE SEGUIRÃO A ESTA, O CONGRESSO NÃO FARÁ ISSO NEM A PAU.
E CASO O CONGRESSO FAÇA, POR CAUSA DAS DENÚNCIAS DO PETROLÃO E OUTRAS QUE VIRÃO DO BNDES, PARA SE LIVRAREM DA DILMA E ACALMAR O POVO, PARA SALVAR OS ESQUEMAS E OS PODEROSOS DO PODER, MESMO QUE ELES FAÇAM ISSO, O SUPREMO VAI SALVAR A DILMA.
E CASO ELES DO STF NÃO SALVEM A DILMA, PELO MESMO MOTIVO DO CONGRESSO, NÃO VAI MUDAR NADA, PORQUE AS ESQUERDAS, E OS ESQUEMAS CONTINUARÃO VIGENTES, E TUDO PODRE E CARCOMIDO INTACTOS NOS SEUS MESMOS LUGARES... 
   
POR ISSO, ESQUEÇAM IMPEACHMENT.
ISSO NÃO VAI ACONTECER, E CASO OCORRA, NÃO VAI ACABAR COM A CORRUPÇÃO, POIS A DILMA CAI, MAS AS QUADRILHAS QUE MANDAM NO PODER PERMANECERÃO!   
   
BOM, 
FALEI DA INTERVENÇÃO MILITAR E DO IMPEACHMENT.
     
   
 
AGORA É SOBRE A RENÚNCIA.
    
E A RENÚNCIA?
    
A RENÚNCIA DA DILMA ME PARECE A SAÍDA MAIS FÁCIL.
TANTO PRA ELA, COMO PARA A MÁFIA QUE ESTÁ NO PODER, BEM COMO PARA O POVO EM GERAL.
MAS ISSO SERVIRÁ APENAS COMO MANOBRA POLÍTICA PRA GARANTIR OS CORRUPTOS NO PODER.
POIS A DILMA RENUNCIA, DEIXA O POVÃO SATISFEITO, A IMPRENSA DETONA ELA, E A ESQUERDA TODA SAI LIMPINHA DA SILVA, COMO SE NÃO TIVESSE OU NUNCA TIVESSE NADA A VER COM ISSO E COM TODOS OS DEMAIS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO.
 
A RENÚNCIA DA DILMA NÃO MUDARÁ NADA, SÓ APLACARÁ A IRA MOMENTÂNEA DA POPULAÇÃO, E NADA MAIS.
 
A CORRUPÇÃO CONTINUARÁ DO JEITO QUE ESTÁ, E VÃO LIVRAR OS BANDIDOS, OS MARGINAIS DO PODER DE QUALQUER PUNIÇÃO.
 
QUAL A SOLUÇÃO ENTÃO?
  
 
A ÚNICA SOLUÇÃO (A MEU VER) É UMA REVOLTA POPULAR ARMADA!!!
 
SIM!
 
O POVO EMPUNHAR FUZIS, SUB METRALHADORAS, E OUTRAS ARMAS, E PARTIR PRA CIMA DE TODA A CLASSE POLÍTICA DO BRASIL!
 
E APROVEITA PRA ELIMINAR A MAIOR PARTE DA IMPRENSA DESSA BOSTA DE PAÍS!
  
E NA SEQUÊNCIA ELIMINA OS PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS MARXISTAS, SINDICALISTAS PELEGOS, E TUDO O QUE FOR ORGANIZAÇÃO ESQUERDOPATA E QUALQUER COISA, MOVIMENTO E PESSOAS A SERVIÇO DOS ESQUERDISTAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS.
   
E EM SEGUIDA IMPOR A CRIMINALIZAÇÃO E EQUIPARAÇÃO DA IDEOLOGIA MARXISTA, SOCIALISTA, COMUNISTA, E AFINS, AO NAZISMO, E PROIBIR ISSO, E IMPOR LEIS DURAS E IMPLACÁVEIS CONTRA ESSE TIPO DE MENTALIDADE, PESSOAS E GRUPOS!
 
ESSA, A MEU VER, É A ÚNICA E DEFINITIVA SOLUÇÃO A CURTO PRAZO, QUE DARÁ RESULTADOS A LONGO PRAZO, E QUE PERMITIRÁ AO PAÍS SE RECUPERAR, E DEFINITIVAMENTE RECOBRAR A SAÚDE MORAL, INTELECTUAL, CULTURAL, PSICOLÓGICA, POLÍTICA, INSTITUCIONAL, ECONÔMICA, ETC...
  
E SE VOCÊ LEU ISSO E NÃO GOSTOU, QUERO MAIS QUE VOCÊ E SUA TURMA VÃO À PUTA QUE O PARIU!!!
  
QUERO MAIS QUE VOCÊ E OS SEUS SE FODAM!
 
TOMARA QUE MORRAM!!!
 
 
A REVOLUÇÃO POPULAR ARMADA É A ÚNICA SOLUÇÃO DEFINITIVA PARA O BRASIL, QUE TEM TODOS OS PODERES, MINISTÉRIOS, SECRETARIAS, EMPRESAS ESTATAIS, ÓRGÃOS PÚBLICOS, E INSTITUIÇÕES, APARELHADAS.
 
TUDO ESTÁ PODRE E CARCOMIDO.
 
SÓ MATANDO TODO MUNDO QUE NÃO PRESTA, E ELIMINANDO SEM DÓ E SEM PIEDADE, SEM MISERICÓRDIA TODOS OS CULPADOS, PRA PODER LIMPAR DE VEZ A NAÇÃO !!


CONTRA-REVOLUÇÃO ARMADA  JÁ!!!
  









 

27 de março de 2015

O dia 15 de Março e a Ocupação do Espaço Vital

        
Publicado com atraso, mas o texto é importante.




 
      
 
 
O dia 15 de Março e a Ocupação do Espaço Vital
   
 
Autor: Milton Pires
  

Dois são os argumentos que serão, a partir de amanhã, levantados contra os brasileiros que ocuparem as ruas pedindo o fim do Regime Petista: o primeiro, e mais perigoso, citado por Lula e prontamente disponível na internet, é aquele que fala em “criminalização da política”. O segundo; diz não haver embasamento jurídico para um eventual processo de impeachment da presidente da República.

O conceito de “espaço vital” foi criado pelo geógrafo e historiador alemão Friedrich Ratzel (1844-1904). Basicamente, tratava-se de sustentar que “toda sociedade, em um determinado grau de desenvolvimento, deve conquistar territórios onde as pessoas são menos desenvolvidas.” O século XX, a partir de 1923, mostrou que espécie de uso Adolf Hitler faria desse conceito e que preço a Alemanha deveria pagar por aceitá-lo.

Evidentemente, todo pensamento geopolítico, toda distribuição e sustentação dos projetos de conquista de poder global em 2015 são muito distintos daqueles da Europa da Segunda Guerra Mundial. O “espaço vital” não é mais físico. Não são mais necessários os exércitos, os tanques e os soldados. O nazismo negou a autonomia política das regiões conquistadas pela força. Depois do maio de 68, o que se discute é a própria definição de política do ponto de vista da cultura.

Quando Marilena Chauí, Emir Sader e depois, mais tarde, Lula ou Tarso Genro vem a público denunciar a “criminalização da política”, quando eles vem supostamente alertar sobre o risco de retrocesso à barbárie, o que estão fazendo é a defesa de um um “espaço vital” conquistado na guerra cultural. Colocando em termos de Antônio Gramsci: fazem a defesa de um conceito hegemônico do que venha a ser a “atividade política.”

Tudo aquilo que escapar ao controle do Partido dos Trabalhadores deve ser visto como sendo “antipolítica” e ameaça iminente de retrocesso ao mundo da força bruta. O que vai acontecer amanhã em todo Brasil deve, portanto, ser apresentado pelo PT nesses termos e assim vai ser, não pelo fato de pleitear-se o impeachment ou pelo risco eventual de violência, mas por não ser algo que esteja sob seu controle. Em outras palavras: trata-se de uma ameça à hegemonia Petista e a sua prerrogativa suprema de ocupação do espaço público como arena da atividade política.

Ao segundo argumento, aquele que diz que não existem os fatos, os precedentes dispostos em Lei, para definir crime de responsabilidade de Dilma Rousseff, há que se responder em dois níveis diferentes. O primeiro deles sendo chamado de “forma” e o segundo; “mérito”. Reduzir à pura aplicação do Código Penal, à simples definição de “crime de responsabilidade”, um processo em que uma Nação inteira pleiteia a destituição do seu governante supremo é uma degradação, uma vilania, que não encontra antecedente nas sociedades livres ocidentais. Por mais clichê, por mais chavão que possa parecer, impõem-se dizer aqui que, a um povo soberano, não se exige mais nenhuma outra razão para derrubar um presidente além da sua própria vontade. É portanto a definição de “povo” e a definição de “vontade” que o Partido não abre mão do “direito” de dizer, de definir de forma inquestionável e permanente, o que vem a ser e quando deve ser invocada.

Exclui-se portanto, já na “forma”, qualquer debate a respeito do “mérito” que, diga-se de passagem, está mais do que suficientemente provado em tudo que se obteve até aqui nas delações premiadas da Operação Lava Jato e que seriam, sim, mais do que suficientes para indiciar Dilma Rousseff não fosse ela salva pelo trabalho covarde de Rodrigo Janot.

Se, para concluir, alguém ao ler estas linhas, disser que a noção de vontade popular e de soberania reside bem definida e exige seu respeito conforme reza a Constituição Federal, faça sozinho um exame de consciência e veja como, nesses doze anos de Regime Petista, essa mesma Carta foi tratada pelo partido que hoje nos governa e que amanhã, com a graça de Deus, começaremos a derrubar do poder.

Dedicado à coragem dos que estarão nas ruas e à covardia da “oposição” Brasileira.

Porto Alegre, 14 de março de 2015.  

  
 

  
 
 
  



 

25 de março de 2015

Refúgio em Mato Grosso

 
Tem gente dizendo por aí que o Lula está sumido.

Veja as fotos, no dia 12/03/2015, Lula, o "Rei do Gado", fez uma visita a sua fazendinha em SINOP-MT

Ele e a esposa corna Marisa Vestidos ao estilo rural.










 

23 de março de 2015

A caixa Preta do BNDES

      
VEJAM DEPOIS DESTE TEXTO, OS LINKS LÁ NO FINAL, TEM MAIS COISAS DENTRO DELES, INCLUSIVE LINKS PARA VÍDEOS.
  
   
  
Esta Caixa de Preta pode chegar a cerca de 1 trilhão de Reais em negócios para melhoria de Infraestrutura, só que para os outros, não para os brasileiros! 
Enquanto alegam que não têm dinheiro e precisam fazer mais medidas duras, o Governo investe "muito bem" principalmente nos seus parceiros de ideologia totalitária. 
  
Que a "Caixa Preta" seja explodida o quanto antes para que todos saibam o tamanho da impostura que vem sendo armada com a máscara de benefícios sociais.
      
"Existem mais 3000 (três mil) empréstimos concedidos via BNDES apenas no período entre 2009 e 2014porém nem o BNDES nem e o Governo Federal fornecem valores."
O BNDES patrocina ideologia partidária do Governo, enriquece protagonistas do sistema e empobrece o Brasil? “Descortinando seu véu protetor!”
  
  
  

    
Trabalharemos com fatos político-sociais e traremos questionamentos. Não informaremos a existência de crimes, mas interpretaremos a partir de fatos que demonstram a probabilidade de suas existências.
Há diversos fatores que conjugados são capazes de demonstrar o quão democrático é um Estado. Sustentamos porém, que um fator distintivo denota o que é real e o segrega do que é vendido pelo sistema. Esse fator é a transparência das instituições públicas do Estado ou das instituições que simplesmente recebem aporte de dinheiro público em suas contabilidade. Iniciemos o presente deste ponto.
Não é novidade para ninguém que o Brasil tem indeclinável problema grave de infraestrutura. Diante dessa questão, o que faz o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)? Financia portos, estradas e ferrovias – não exatamente no Brasil.

Desde que Guido Mantega deixou a presidência do BNDES, em 2006, e se tornou Ministro da Fazenda, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tornou-se peça chave no modelo de desenvolvimento proposto pelo governo. Desde então, o total de empréstimos do Tesouro ao BNDES saltou de R$ 9,9 bilhões — 0,4% do PIB — para R$ 414 bilhões — 8,4% do PIB.
Alguns desses empréstimos, aqueles destinados a financiar atividades de empresas brasileiras no exterior, eram considerados secretos pelo banco. Só foram revelados (pequena parcela) porque o Ministério Público Federal pediu à justiça a liberação dessas informações. Em agosto (2014), o juiz Adverci Mendes de Abreu, da 20.ª Vara Federal de Brasília, considerou que a divulgação dos dados de operações com empresas privadas “não viola os princípios que garantem o sigilo fiscal e bancário” dos envolvidos. A partir dessa decisão, o BNDES está obrigado a fornecer dados solicitados pelo Tribunal de Contas da União, o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) solicitarem. Descobriu-se assim uma lista com mais de 3.000 empréstimos concedidos pelo banco para construção de usinas, portos, rodovias e aeroportos no exterior.


A seleção dos recebedores destes investimentos, porém, segue incerta: ninguém sabe quais critérios o BNDES usa para escolher os agraciados pelos empréstimos. Boa parte das obras financiadas ocorre em países pouco expressivos para o Brasil em termos de relações comerciais, o que nos leva a suspeita do caráter político-ideológico de suas escolhas. A ausência de transparência é uma das principais hipóteses de incidência dos desvios de finalidade, portanto é razoável até aos que carregam teoria garantista como verdadeiro preceito de fé advindo de uma ordem divina inafastável, sob pena de pecado.
Outra questão polêmica são os juros abaixo do mercado que o banco (BNDES) concede às empresas. Ao subsidiar os empréstimos, o BNDES funciona como uma Bolsa Família invertida, um motor de desigualdade: tira dos pobres para dar aos ricos. Explicando, capta dinheiro emitindo títulos públicos, com base na taxa Selic (11% ao ano), e empresta a 6%. Isso significa que ele arca com 5% de todo o dinheiro emprestado. Dos R$ 414 bilhões emprestados no ano de 2014, R$ 20,7 bilhões são pagos pelo banco. É um valor similar aos R$ 25 bilhões gastos pelo governo no programa Bolsa Família, que atinge 36 milhões de brasileiros.
Seguem exemplos de investimentos que o banco considerou estarem aptos a receberem investimentos financiados por recursos brasileiros:

Porto de Mariel (Cuba): Valor da obra – US$ 957 milhões (US$ 682 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
Hidrelétrica de San Francisco (Equador): Valor da obra – US$ 243 milhões. Empresa responsável – Odebrecht. Após a conclusão da obra, o governo equatoriano questionou a empresa brasileira sobre defeitos apresentados pela planta. A Odebrecht foi expulsa do Equador e o presidente equatoriano ameaçou dar calote no BNDES.
Hidelétrica Manduruacu (Equador): Valor da obra – US$ 124,8 milhões (US$ 90 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht. Após 3 anos, os dois países ‘reatam relações’, e apesar da ameaça de calote, o Brasil concede novo empréstimo ao Equador.
Hidrelétrica de Cheglla (Peru): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 320 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
Metrô Cidade do Panamá (Panamá): Valor da obra – US$ 1 bilhão. Empresa responsável – Odebrecht.
Autopista Madden-Colón (Panamá): Valor da obra – US$ 152,8 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
Aqueduto de Chaco (Argentina): Valor da obra – US$ 180 milhões do BNDES. Empresa responsável – OAS
Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina): Valor – US$ 1,5 bilhões do BNDES. Empresa responsável – Odebrecht.
Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela): Valor da obra – US$ 732 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
Segunda ponte sobre o Rio Orinoco (Venezuela): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 300 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
Barragem de Moamba Major (Mocambique): Valor da obra – US$ 460 milhões (US$ 350 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
Aeroporto de Nacala (Moçambique): Valor da obra – US$ 200 milhões ($125 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
BRT da capita Maputo (Moçambique): Valor da obra – US$ 220 milhões (US$ 180 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
Hidrelétrica Tumarím (Nicarágua): Valor da obra – US$ 1,1 bilhão (US$ 343 milhões). Empresa responsável – Queiroz Galvão.
Projeto Hacia El Norte – Rurrenabaque-El-Chorro (Bolívia): Valor da obra – US$ 199 milhões. Empresa responsável – Queiroz Galvão.
Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru): Valor não conhecido. Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
Renovação da rede de gasoduto em Montevideo (Uruguai): Valor não informado. Empresa responsável - OAS.
Existem mais 3000 (três mil) empréstimos concedidos via BNDES apenas no período entre 2009 e 2014porém nem o BNDES nem e o Governo Federal fornecem valores.
Importante reafirmar que, o banco está sujeito à Lei de acesso a informações públicas e que os contratos da instituição não são protegidos por sigilo fiscal ou bancário porque envolvem recursos públicos. 
Isso precisa ser colocado, pois, o BNDES, como mencionamos, alegou a necessidade de “preservação da privacidade dos atos referentes à gestão bancária, argumento absolutamente risível e tosco e não amparado pelo ordenamento. Hoje, o BNDES só revela os beneficiários de 18% dos empréstimos. Aqui, além dos robustos indícios, teria cabida o uso do brocado de “onde há fumaça há fogo”?
O país hoje vive uma das maiores crises de sua história. Sem credibilidade alguma entre os investidores internacionais, desacreditado por sua forma nada transparente de fazer política e gestão, sempre apto a perpetrar desvios de finalidade e locupletamentos ilícitos aos participantes do sistema (fatos!). Um país sem infraestrutura alguma para crescer, sem dinheiro para investir no próprio país para além das inchadas remunerações dos agentes políticos do Estado, que onera a sociedade com uma carga tributária confiscatória crescente (fatos!) e procura educar nos passando que “roubar é normal” (roubar em seu sentido popular, juridicamente atécnico), faz parte...
Contratos superfaturados onde há consabido conluio entre os prestadores de serviços para o Estado, como são as empreiteiras, com bilhões do erário público sendo desviados para contas fantasmas no exterior em benefício de agentes políticos, intermediários e empreiteiras. Estas e outras práticas transformam o país, lamentavelmente, em uma das mais insinuantes latrinas do mundo, onde ficam os dejetos e saem às riquezas (fatos de cunho reflexivos).
O Ministério Público Federal conhece grande parte dos autores, do modus operandi de conluios dos esquemas, enfim, da putrefação do sistema como um todo. Apesar de sua independência devidamente constitucionalizada recebe uma pressão política para manter-se inerte verdadeiramente inóspita. A PF, sem a independência do MP, controlada pelo Ministério da Justiça, leia-se, Governo Federal, pouco podem fazer além do que já fazem, lamentavelmente (fatos!).
Da forma que está o sistema, com o aparelhamento escrachado de Estado, aproximado aos vistos em ditaduras militares, com uma sociedade pouco esclarecida em sua maior porção, e contando que a exceção mais esclarecida não tem acesso às verdadeiras informações (ocultadas), preocupadas ainda na manutenção diária de suas dignidades familiares de subsistência, a política torna-se o paraíso para se perpetrar o inferno. Há sempre um cego incapacitado na cena do crime! (Fatos!).

Princípios constitucionais que nos termos do Diploma Constitucional formariam as vigas da Administração Pública, do Estado, restam achincalhados pelo sistema. Moralidade, eficiência, transparência/publicidade, legalidade e impessoalidade, princípios insculpidos no art. 37 da Carta que não apresentam efetividade mínima aferível. Como disse Ferdinand Lassale, quando podemos vestir a carapuça, uma constituição escrita só será boa quando corresponder a real, do contrário teremos apenas uma folha de papel.
Já para Hesse, a Constituição não é e não deve ser um subproduto mecanicamente derivado das relações de poder dominantes, ao contrário do que sustenta Lassale, ou seja, sua força normativa não deriva unicamente de uma adaptação à realidade, mas, antes, de uma vontade de constituição. É quando o “ser” se distancia do “dever ser”.
Hesse faz com que o leitor questione sobre o papel da Constituição, em seu sentido mais sublime, inclusive em momentos de sua maior prova: quando da necessidade e crise extrema. Ele o faz na medida em que abre um caminho conciliador entre as radicais posições, quais sejam: normativa de um lado, e de outro diametralmente oposto, espelho das relações entre os fatores reais de poder. Tal como afirmado por Hesse, a Constituição somente se converterá em força ativa quando se fizer presente, na consciência dos principais responsáveis pela ordem constitucional, não só a vontade de poder, mas também a vontade de constituição.
Lassale e Hesse nos são úteis para refletir.
Finalizamos o presente lembrando que o Art.  da Constituição da Republica Federativa do Brasil, em seu inciso II, normatiza ser um de seus objetivos fundamentais garantir o “desenvolvimento nacional”. 
Em momento algum menciona ser objetivo garantir o desenvolvimento de outros países de mesma ideologia partidária, deixemos assentado! 

O art. 4º parágrafo único anuncia que a República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações. Em momento algum menciona garantir o desenvolvimento da comunidade latino-americana. Há neste particular inconstitucionalidade pelo desvio de finalidade dos investimentos realizados pelo Governo Federal, que deixa de priorizar o desenvolvimento nacional, o interesse público nacional, com seus parcos investimentos em infraestrutura que impede o país de crescer, para investir em países vizinhos. O art. 3º, II da Carta Republicana que mencionamos, nos impele por esta melhor hermenêutica constitucional (nossa interpretação).
O Governo Federal, na figura da Presidente Dilma Rousseff garantiu em encontro presidente Mujica do Uruguai, aos 45 minutos do 2º tempo, no ano passado (2014), que o BNDES financiará um porto em seu país orçado em 1 bilhão de dólares. Enquanto isso no Brasil... (Fatos!).
“Empréstimos” de dinheiro público para o exterior sem que se perpetre qualquer controle nem do Estado-Juiz, nem do Congresso Nacional. A teoria do check’s and balance, idealmente aplicável ao caso, não informa nossa realidade, que resta avessa a maiores controles.
Não são apenas “empréstimos” internacionais a juros baixos ou que não retornam feitos para financiar investimentos de países vizinhos, no Brasil não faltam casos, diríamos, interessantes para estudos... 

A JBS/Friboi tornou-se a gigante das carnes no país com 10 bilhões do BNDES. Aliás, um dos empréstimos no valor de 8 bilhões o BNDES obstruiu auditoria que seria feita pelo TCU.
Eike Batista, de quem já se articulou, foi outro grande beneficiário do BNDES. Hoje completamente quebrado já pegou bilhões (não sabemos precisar quanto) em “empréstimos”, a juros de 5%, quando o BNDES para emprestá-lo pagava juros de 11% à época. Fato é que o banco passou a se abastecer com dinheiro do Tesouro: foram R$ 450 bilhões nos últimos cinco anos (até 2014), sendo que os recursos do Tesouro são pagos à taxa Selic, que estava em 11% ao ano, enquanto o BNDES cobrava módicos 5% para emprestá-lo aos protegidos do sistema. Foram R$ 30 bilhões de subsídio/ano. Crescimento Brasil e PIB são alguns reflexos desses desacertos, que diríamos minimamente de fundo ético...
Com a bilionária evasão de dinheiro público da Petrobras lembremos que em 2009, por exemplo, o BNDES investiu 25 bilhões para apoio no “programa de investimentos” da Petrobras, quando perguntamos: Onde foram parar esses 25 bilhões? Nas mãos de doleiros? Demonstre BNDES.
A Sete Brasil pode estar perto de receber um empréstimo-ponte de 800 milhões de reais de um consórcio de bancos comerciais liderado pelo Banco do Brasil, enquanto aguarda um aporte bilionário do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – em torno de 3,1 bilhões de reais, informaram duas fontes à agência Reuters. O objetivo é aliviar o caixa da maior fornecedora de sondas para a Petrobras no pré-sal, que precisa honrar compromissos financeiros equivalentes a 4 bilhões de dólares nos próximos meses. 

Quem irá controlar, fiscalizar para onde irá esse bilionário aporte de dinheiro do Tesouro Nacional? Se tudo continuar na forma que está, ninguém, o TCU encontra-se politicamente impedido.
Explicando melhor: Para apoiar o BNDES, o Tesouro emite títulos da dívida pública remunerados pela taxa básica de juros (a Selic, atualmente em 12,25% ao ano) e aporta a quantia no banco. Este, por sua vez, ao receber esses recursos, compromete-se a quitar a dívida com o governo não em conformidade com as taxas de mercado, mas sim a valores inferiores. Em resumo, o Tesouro tem prejuízo neste tipo específico de transação e a manutenção desse subsídio implica aumento do gasto público. O governo tenta esconder generosos subsídios concedidos a empresas mediante o suprimento de recursos públicos ao BNDES. Lembramos que, quando se fala de dinheiro público, inafastável é o completo atendimento ao princípio da Transparência, e não defenestrá-lo como se tem feito nos últimos anos.
Nos termos que relatamos quando abrirmos a “caixa de pandora” do BNDES, quando investigarmos as operações das empreiteiras que trabalham para o Governo Federal, a fundo, perceberemos que notáveis brasileiros possuem mais “riquezas” em contas fantasmas em paraísos fiscais que o próprio tesouro Brasil com a sua sobra... (Como os fatos e a ausência de transparência nos é facultado racionalmente conjecturar com as probabilidades). Daqui a algumas décadas, caso os “livros de história” tenham a oportunidade de retratar a nossa realidade desta última década, realidade que se protrairá no tempo enquanto dominados pelo atual sistema, veremos que o Brasil voltou a ser uma colônia de exploração, apenas mais sofisticada que o “modelo português de 1500” (aqui fizemos um exercício de futurologia pautado em fatos e nas experiências da vida).
Vale notar que o Governo mantêm Luciano Coutinho à frente do BNDES e gestores alinhavados à política ideológica do Governo na Caixa (CEF) e no Banco do Brasil (BB), passando-nos a mensagem de que nada pode mudar.
Enfim, o papel “desenvolvimentista” do BNDES, como observou Giambiagi (2009) está envolto em controvérsias/polêmicas, muitas vezes contaminadas pelo viés ideológico dos debatedores. O tema tem sido muito pouco discutido em profundidade – “contam-se nos dedos as teses acadêmicas sobre o assunto” pelo fato de o BNDES “fechar-se em copas” como verdadeira “caixa de pandora”. 
Desta perspectiva, seria interessante investigar em profundidade esse excesso de autonomia da Instituição para cobrar do empresariado “eleito” metas de desempenho e cumprimento das regras contratuais estipuladas (mormente se o negócio der errado). Dinheiro público, contratos transparentes! A ação deve ser daqui em diante e para o passado!
O Brasil precisa voltar a ter a corrupção como uma exceção que promova indistintas punições e não mais como a regra imbricadora de certeiras impunidades.
Quem mais sofre com todo esse desperdício de recursos é o povo mais pobre.
     



VEJAM ESSES LINKS AQUI E APRENDAM MAIS SOBRE A PORCARIA DO BNDES.
  
A PARCERIA DO PT COM EMPRESAS GIGANTES FAZ PARTE DO SISTEMA POLÍTICO SOCIALIZANTE.
A ELITE POLÍTICA MARXISTA REVOLUCIONÁRIA VIRA SÓCIA DAS GRANDES EMPRESAS, E ATRAVÉS DESTAS, FECHA-SE O LIVRE MERCADO, E SE REGULA A ECONOMIA.
VEJAM ISSO NESTE PRIMEIRO LINK
NESSA SEQUÊNCIA ABAIXO VOCÊ VERÁ MUITAS POSTAGENS QUE FALAM DO BNDES, E AS IMPLICAÇÕES COM FINANCIAMENTO DE OBRAS DE PAÍSES GOVERNADOS POR POLÍTICOS DE PARTIDOS ALIADOS DO PT FILIADOS AO FORO DE SÃO PAULO, E OUTROS, BEM COMO O FAVORECIMENTO DE EMPRESAS ALIADAS DO PT, COMO FOI EXPLICADO NO LINK DE CIMA, QUE A ELITE REVOLUCIONÁRIA MARXISTA SE TORNA SÓCIA DOS GRANDES POTENTADOS ECONÔMICOS, QUE É O MODELO DE SOCIALISMO DO SÉCULO 21.
  
VEJAM TUDO, UM A UM.
VEJAM MAIS NA SEQUÊNCIA


21 de março de 2015

Quem é o Ministro José Dias Toffoli?


Quem é Toffoli? Pra quem ele trabalha?
     






Texto do Coronel José Gobbo Ferreira.
   


Uma manobra de bastidores dentro do STF permitiu que o ministro Toffoli, a seu pedido e com a aprovação do ministro Levandowski (que dupla!) fosse transferido para a segunda turma do Tribunal, da qual será o presidente durante a apreciação dos fatos da operação Lava Jato.
É interessante conhecer um breve memorial desse senhor para que se possa avaliar seu grau de isenção para o exercício dessas funções.
   
A ligação do Exmo. Sr. Ministro com  o Partido dos Trabalhadores  vem desde 1995, quando já era assessor jurídico da liderança do  PT na Câmara dos  Deputados, em Brasília.
  
- Foi advogado do PT nas campanhas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de  1998, 2002 e 2006. 
  
- De janeiro de 2003 a julho de 2005, exerceu o cargo de subchefe da área de Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República tendo como chefe o Sr. José Dirceu de Oliveira e Silva, por acaso o principal réu da Ação Penal 470, o chamado “mensalão”.

- Em 12 de março de 1997, a convite do então presidente Lula assumiu a Advocacia Geral da União, função que exerceu até outubro de 2009.
   
O Artigo 101 da Constituição Federal de 1988 reza:
O Supremo Tribunal Federal compõe-se de onze ministros, escolhidos dentre cidadãos com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada. (Grifos meus)
     
  
O ministro Toffoli:

- Que eu saiba, não concluiu qualquer curso de pós-graduação.

- Foi reprovado duas vezes em provas e títulos para a Magistratura de primeira instância (como merecer o exercício da suprema instância?).

- Na vida acadêmica seu voo mais alto foi lecionar na graduação de uma faculdade em Brasília. Professor inexpressivo em tempo parcial, em nada se distinguiu, nada publicou de relevante, nada produziu de positivo e permanente no campo do Direito. Onde o notório saber?
  
   
Quanto à ilibada reputação:
  
- No ano de 2000, o Dr. Toffoli foi condenado por corrupção pela Justiça do Amapá a devolver R$ 19.720,00 aos cofres públicos devido a uma suposta licitação ilegal de prestação de serviços de advocacia ao governo, vencida por seu escritório. A ação foi julgada improcedente em segundo grau, tendo a sentença anulada em 2008.

- Em 2006 ei-lo novamente processado por mais um crime de mesma natureza, ocorrido em 2001, desta feita pela 2ª Vara Cível do Amapá, e condenado a devolver R$ 420.000,00 (R$ 700.000,00 mil reais em valores atualizados até a época de sua admissão ao STF).
   
Coube à Comissão de Constituição de Justiça e Cidadania do Senado, cujo presidente era o senador Demóstenes Torres (lembram-se dele?) dar parecer sobre o processo de aprovação do Dr. Toffoli ao STF. 
  
Ao passar o processo pela Comissão, resolveu o até então irreprochável senador ‘aceitar’ a argumentação do Sr. Toffoli, de que estava livre do primeiro processo, que havia recorrido da condenação no segundo e que a ação contra ele ainda tramitava. Portanto, desfrutava de reputação angelical.
  
A CCJ e o Senado, de maioria constituída por membros do Partido dos Trabalhadores e de partidos “da base de sustentação do governo”, a maior parte deles talvez ainda menos ilibados do que o próprio Sr. Toffoli, acabaram por aprovar sua indicação para o STF.
  
É possível avaliar o grau de isenção do ministro Toffoli no decorrer do julgamento da AP 470, observando seu posicionamento quanto ao Sr. José Dirceu:

- Julgamento por Corrupção de parlamentares:
Sr. josé dirceu INOCENTADO.

- Julgamento por Formação de quadrilha:
Sr. José Dirceu INOCENTADO

- Julgamento da Admissibilidade dos Recursos Infringentes:
ADMITIDA

- Julgamento do Recurso Infringente quanto à Formação de quadrilha.
Sr. José Dirceu INOCENTADO.
  
Manifestações em plenário:
  
- Comparou a gradação das penas cominadas pela Corte com as ações de Tomaz de Torquemada, famoso inquisidor espanhol do século XV.

- Exprimiu a opinião que crimes abjetos, dissolutivos da própria República, como aqueles que fazem parte da AP 470, poderiam ser ressarcidos por via monetária. 
    
O ministro Toffoli foi presidente do TSE nas eleições de 2014. Distinguiu-se por proibir uma verificação das urnas eletrônicas por auditores independentes antes da votação, como era de praxe, e por ordenar uma apuração dos votos a portas fechadas. Por acaso, a Sra. Dilma Roussef , do PT, ultrapassou seu adversário nos votos finais.
  
Assim que assumiu a 2ª Turma o ministro Toffoli apresentou-se pronto para o serviço à presidente, ao ministro da justiça e ao chefe da casa civil da presidência. Consta que conversaram sobre amenidades, tomaram chá com bolachas e, como sói acontecer nessas tertúlias, trocaram receitas de acepipes. Por acaso, desta feita, receitas de pizza.
  
Quem acreditar que ele será imparcial no julgamento da Lava Jato levante o braço.
    
   
  
  
  
VEJAM OUTROS ARTIGOS DESTE MEU BLOG ACERCA DESTE MINISTRINHO DE MERDA