Pessoas inteligentes que gostam da verdade

31 de dezembro de 2014

CORRUPÇÃO E PROSTITUIÇÃO - Sempre estiveram lado a lado.

      
FONTE: Alerta Total - Jorge Serrão.
 
 
  
Empreiteiras investiam R$ 30 milhões mensais em festas de prostituição para amarrar negociatas da Lava Jato
    
        
Outra novidade escrota. Nos computadores apreendidos em escritórios de lobistas e das empreiteiras, foi achada uma pasta com a denominação "Senhora". A inteligência da Polícia Federal desvendou que se tratava do financiamento a um grupo de 1.500 mulheres de fino trato que ficam à disposição de políticos e empresários que fazem negociatas em comuns. Cada prostituta do esquema mafioso cobra, em média, R$ 3 mil reais por serviço de "acompanhante". O valor investido pelo "Clube VIP" das empreiteiras chegaria a R$ 30 milhões por mês, apenas neste esquema de "cafetinagem" - financiado, indiretamente, com o dinheiro roubado dos cofres públicos.
 
No Brasil, enquanto a economia fica estagnada pela mistura destrutiva de incompetência com corrupção, investigações oficiais e extraoficiais comprovam o crescimento do poderio do poder paralelo que assalta o dinheiro público em meganegócios que combinam interesses privados com os públicos. Membros da cúpula política brasileira têm investimentos ocultos de até R$ 1,5 bilhão. Os imóveis, fazendas, hotéis, postos de gasolina e até shoppings aparecem em nomes de empresários "laranjas". A inteligência da Receita Federal já está de olho nesses investidores que enriquecem por milagre. O esquema se ampliou com o Mensalão. O Petrolão, o Eletrolão e outros esquemas ainda desconhecidos do grande público aumentaram os ganhos. Esses novos ricos se acham inimputáveis...
                                               








30 de dezembro de 2014

Bolsa-Família para estrangeiros

     
Era só o que faltava.
  
Não bastava o bolsa-família com cidadãos nacionais, agora esse governo filho da puta, cretino, está dando bolsa para estrangeiros.

Eles até fazem protesto (EXIGINDO) o benefício.
Bando de canalhas!
  
Assistam ao vídeo:
  

 
 


Imigrantes que vivem no Brasil serão inscritos no Bolsa Família


FONTE: Correio 24 h.

A medida permitirá que entre 15 mil e 50 mil haitianos, africanos, bolivianos e demais pessoas de outras nacionalidades que vivem em extrema pobreza recebam pelo menos R$ 77 mensais


Pela primeira vez no Brasil, estrangeiros poderão receber o Bolsa Família. A partir da semana que vem, imigrantes que vivem na capital paulista serão inscritos no Cadastro Único do governo federal, que dá acesso ao benefício.
A medida permitirá que entre 15 mil e 50 mil haitianos, africanos, bolivianos e demais pessoas de outras nacionalidades que vivem em extrema pobreza recebam pelo menos R$ 77 mensais. A medida foi possível graças a um entendimento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) sobre o Estatuto do Estrangeiro, de que imigrantes têm os mesmos direitos previstos para brasileiros nas leis e na Constituição.
O ofício do MDS que deu o aval para o pagamento do benefício aos imigrantes foi assinado em fevereiro. Porém, ficou esquecido nos escaninhos de Brasília e era, até recentemente, desconhecido por outros ministérios.
"Nem nós sabíamos que essa possibilidade existia até pouco tempo. Não é piedade, é do interesse da cidade que esses imigrantes se desenvolvam e produzam para fazer São Paulo crescer. E, para isso, é preciso dar o mínimo de condições para eles", disse Rogério Sottili, secretário de Direitos Humanos da prefeitura.
O cadastramento será feito em mutirão no Centro de Referência e Acolhida para o Imigrante de São Paulo. A ação faz parte do Festival de Direitos Humanos “Cidadania nas Ruas 2014”, organizado pela secretaria e que acontece na semana que vem.
Para ter acesso ao benefício, os imigrantes terão que ter pelo menos o protocolo do pedido de refúgio ou de Registro Nacional de Estrangeiros, além de CPF e renda per capita de até R$ 140. Também deverão cumprir as condicionalidades estabelecidas pelo programa: manter os filhos em idade escolar estudando e seguir o calendário de vacinação.
Uma vez cadastrados, eles podem levar até três meses para receber o cartão do programa e sacar o benefício. O registro no CadÚnico também é a via de acesso a outros programas do governo federal, como o Minha Casa Minha Vida.
A entrada de estrangeiros como beneficiários do programa de moradia popular, no entanto, dependerá de outros critérios, além da renda.
Os dados oficiais indicam que, pela cidade de São Paulo, circulam 360 mil imigrantes, mas a secretaria admite que o número está subestimado e pode chegar a até um milhão.
"Não conhecemos o perfil de todos esses estrangeiros, por isso é difícil saber quantos podem se beneficiar dos programas sociais. O cadastro deve servir como estímulo para os que não têm documentos regularizarem a situação e, assim, vamos conhecê-los melhor", disse Camila Baraldi, coordenadora adjunta de políticas para migrantes de São Paulo.

Trabalho escravo na mira
A Secretaria de Direitos Humanos espera também que o Bolsa Família ajude a combater o tráfico de pessoas e o trabalho em condições escravas na capital. Em 2014, pela primeira vez, o número de resgates de trabalhadores forçados em áreas urbanas superou a quantidade de ações na zona rural no país. São Paulo se tornou foco importante dos crimes. As indústrias têxtil e da construção civil costumam ser as maiores exploradoras dessa mão de obra. E os imigrantes são grandes vítimas do esquema.
"Queremos evitar que a pessoa se submeta à condição degradante por um prato de comida. O Bolsa Família é fundamental para isso", disse Sottili, que não soube calcular o gasto público que representará a inclusão dos imigrantes no programa.
Sottili descartou a possibilidade de uma corrida de estrangeiros que vivem em outras cidades para São Paulo, por causa do benefício. Até porque, segundo ele, prefeituras de outros municípios também devem adotar a medida. De acordo com o secretário, o problema a ser enfrentado é a xenofobia de alguns paulistanos.
A medida permitirá que entre 15 mil e 50 mil haitianos, africanos, bolivianos e demais pessoas de outras nacionalidades que vivem em extrema pobreza recebam pelo menos R$ 77 mensais (Foto: EBC)
    
    
 
  
VEJAM ESTES OUTROS ARTIGOS DESTE BLOG:







29 de dezembro de 2014

Gramscismo Militar da Unasul - Ingerência internacional nas FFAA do Brasil

     
VEJAM OS LINKS ABAIXO (LÁ NO FINAL DESTE ARTIGO), POIS TEM MUITO MAIS INFORMAÇÕES QUE VOCÊS PRECISAM SABER, QUE A IMPRENSA NÃO DIVULGA.
   
   



 
"GRAMSCISMO MILITAR" 
E A ESTRATÉGIA DA UNASUL 
  
   
ALINHADA TAMBÉM COM O FORO DE SP.
     
        
     
Percival Puggina*, colunista de Zero Hora, compartilha dois vídeos que justificam indagações e preocupações relacionadas com a crescente estratégia militar que está em curso através da UNASUL. 
    
Neste vídeo, de 2013, são claramente confessados os reais objetivos da Escola Sul-Americana de Defesa, aprovada também por Dilma Rousseff, durante a mais recente reunião da Unasul, realizada em Quito, em 6/12/2014. 
     
  • Através da Escola Sul-Americana de Defesa, militares brasileiros (especialmente aqueles que poderão se tornar os futuros lideres militares no Brasil) também serão doutrinados e alinhados com outros tipos de dogmas ideológicos. 
  • O segundo vídeo, exposto em sequência, também ilustra e complementa as concepções estratégicas que objetivam a gradual e crescente "Integração Militar/Cultural da Grande Pátria da America Latina". 
  • A Escola Sul-Americana de Defesa, criada pela Unasul, poderá exercer e acelerar o processo de GRAMSCISMO MILITAR, modificando e moldando a formação dos militares brasileiros, especialmente segundo ideologias mais alinhadas com as concepções "leninistas-cubanas-bolivarianasa-antiamericanas".
  • Assista e avalie o que dizem alguns formuladores do currículo doutrinário da Escola Sul-Americana de Defesa, entre eles, alguns representantes militares do Equador e da Argentina.
  • Provavelmente, não foi somente a atuação do Papa que motivou o governo Obama a introduzir novos movimentos no "tabuleiro estratégico" da America Latina.
    
PRIMEIRO VÍDEO - GRAMSCISMO MILITAR

 
SEGUNDO VÍDEO - NESTE OUTRO VÍDEO, DEPUTADO VENEZUELANO FALA SOBRE A ENORME INFLUÊNCIA E INGERÊNCIA MILITAR CUBANA JÁ EXISTENTE NA VENEZUELA. 
   

* Percival Puggina (69), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia e Pombas e Gaviões, integrante do grupo Pensar+.
 
  
 
  
  

VEJAM ESSES OUTROS ARTIGOS DESTE MESMO BLOG.
  
ELES CONTÉM MAIS LINKS PARA VÍDEO DENTRO DELES E MAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES.
     
    
   

28 de dezembro de 2014

A República e a consequente derrocada brasileira

   
Texto enviado por e-mail pelo internauta colaborador NELSON M. BARBOSA, e comentado por ele no final (na cor verde).
  

  


  
 

Sobre a Proclamação da República

   
Nada de Marechal Deodoro da Fonseca. O primeiro a dar o grito da República (e também da Independência) foi o sargento-mor e vereador de Olinda (Pernambuco) Bernardo Vieira de Melo. O militar lançou a proposta em 10 de novembro de 1710 porque estava insatisfeito com a exploração abusiva do país pelos monarcas portugueses. A Câmara da capital pernambucana rejeitou o pedido. A Independência do Brasil, de fato, só viria a se concretizar depois de 112 anos, e a formação da República, 179 anos mais tarde. 
  
Ao proclamar a República, no dia 15 de novembro de 1889, Deodoro da Fonseca estava com um ataque de dispneia. Foi tirado da cama no meio da noite para comandar o cerco ao Ministério. Foi sem a espada, porque seu ventre estava muito dolorido. O cavalo baio número 6 que usou não foi mais montado até a sua morte, em 1906.
  
Deodoro havia decidido apoiar os republicanos quatro dias antes. "Eu queria acompanhar o caixão do imperador, que está idoso e a quem respeito muito. Mas o velho já não regula bem, portanto, já que não há outro remédio, leve à breca a Monarquia. Nada mais temos a esperar dela. Que venha, pois, a República", disse.
  
Quando passou pelo portão do Ministério da Guerra, o marechal acenou com o quepe e ordenou às tropas que se apresentassem. As tropas se perfilaram e ouviram-se os acordes do Hino Nacional. Estava proclamada a República. Não houve derramamento de sangue. O único que se feriu foi o Ministro da Marinha, José da Costa Azevedo, que reagiu à voz de prisão.
  
Dom Pedro ficou sabendo da movimentação de tropas no Rio de Janeiro quando estava numa casa de banhos em Petrópolis.
  
Mesmo depois de proclamada a República, ninguém quis levar o telegrama com a notícia para D. Pedro II, que estava em seu palácio em Petrópolis. No meio da noite, o major Sólon Ribeiro foi ao encontro do Imperador, que teve que ser acordado. Na verdade, com medo de manifestações a favor da monarquia, os líderes do movimento pediam que D. Pedro II e sua família partissem naquela mesma madrugada. Dizem os relatos que a Imperatriz Tereza Cristina chorou, que Isabel ficou muda e que o Imperador apenas soltou um desabafo: "Estão todos loucos!".
  
Antes de viajar, no dia 17 de novembro, Pedro II escreveu uma mensagem para o povo brasileiro: "Cedendo ao império das circunstâncias, resolvo partir com toda a minha família para a Europa amanhã, deixando esta pátria de nós estremecida, à qual me esforcei por dar constantes testemunhos de entranhado amor e dedicação durante quase meio século, em que desempenhei o cargo de chefe de Estado. Ausentando-me, eu com todas as pessoas de minha família, conservarei do Brasil a mais saudosa lembrança, fazendo votos por sua grandeza e prosperidade."
  
No momento de embarcar, o imperador recebeu um convite de seu sobrinho, dom Carlos, rei de Portugal, colocando à sua disposição um dos seus palácios em Lisboa. Pedro agradeceu, mas não aceitou a oferta.
  
No dia 5 de dezembro de 1889, o navio Alagoas chegou a Lisboa.
    
A viagem da família real durou 18 dias. Apesar de ter sido recebido com honras, ele preferiu se hospedar com a imperatriz Teresa Maria num hotel na cidade do Porto. Depois de 23 dias, Teresa Maria faleceu no quarto do hotel.
   
Pedro II morreu deitado num travesseiro que ele encheu com terra brasileira.
                                            
       
  
DIA 15/11 É SEM DÚVIDA ALGUMA, O DIA QUE O BRASIL COMEMORA SEU LUTO!
 
ABAIXO O DIA 15 DE NOVEMBRO DE 1889, A DATA DOS CALABARES DA PÁTRIA BRASILEIRA!
 
ESTE MALDITO DIA - QUE FOI ELEVADO A FERIADO NACIONAL EM COMEMORAÇÃO A MALSINADA PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA - PELA CORJA POLÍTICA REPUBLICANA, DEVE SER EXTINTO DO CALENDÁRIO CÍVICO DO BRASIL, POIS LEMBRA TRAIÇÃO, SECESSÃO E COVARDIA!
 
E POR CULPA DE MILITARES ESCLEROSADOS E DECADENTES, SE COLOCOU A TERMO A MONARQUIA, LEVANDO DE ROLDÃO O SÉRIO, EFICIENTE E EXCEPCIONAL GOVERNO DE DOM  PEDRO II.

E, AGORA VIVEMOS NESTA REPÚBLICA DE ARAQUE, CORRUPTA E HILÁRIA, NUMA VERDADEIRA BANDALHEIRA INSTITUCIONALIZADA. 

E PENSAR QUE NO GOVERNO DE DOM PEDRO II TÍNHAMOS A SEGUNDA MAIOR MARINHA DO MUNDO...

MONARQUIA JÁ!
O VERDADEIRO PODER MODERADOR DE UMA NAÇÃO!

ASSINADO: NELSON M. BARBOSA
  
   
    
  
 
    
SOBRE A MONARQUIA, ESCREVI UM ARTIGO EXPLICANDO PORQUE NO BRASIL ELA NÃO DARIA CERTO.
VEJA AQUI NESSE LINK:
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

27 de dezembro de 2014

Católicos contra o Papa Francisco


Seria o Papa Francisco a Besta Vestida Como um Cordeiro do Apocalipse 13, Aquele que Veio para Blasfemar Contra Deus e Dar Apoio ao Surgimento do Anticristo?
        
    
(No final desta página tem mais links para outras postagens deste blog. CONFIRAM NO RODAPÉ)
       
        
09/11/2014
  
http://4.bp.blogspot.com/-hB3Cpztvylk/U4KCUozFouI/AAAAAAAAAFU/Z6LkUZ3_fQE/s1600/PAPAS%2BSENTADOS.jpg
   
É difícil encontrar quem não goste do Papa Francisco. Ele é bonachão, gente boa, humilde, amigo dos pobres, não gosta de riquezas e opulências, não implica com os homossexuais e nem com os abortistas. Dizem até que ele vai andar de fusca, e como se pode ver na foto acima, gosta de coisas simples. Maravilha, não é mesmo?
  
E se eu lhe disser que o Papa Francisco veio para destruir a igreja católica e blasfemar contra Cristo, você acreditaria? É verdade, e é como católico que eu lhe digo isso.
  
Francisco é o representante da maçonaria infiltrada na igreja, que finalmente conseguiu eleger o seu papa. É duro dizer, mas o demônio chegou ao papado. Ele é a besta do Apocalipse 13-11 ”que se veste como um cordeiro (símbolo de Cristo), mas fala como um dragão” (blasfema contra Deus).
Você lembra o que Paulo VI disse? “A fumaça de satanás de infiltrou na igreja”. E agora chegou ao seu vértice.
     
João Paulo I foi assassinado com apenas trinta dias de pontificado, lembra? Tentaram matar João Paulo II logo no início de seu pontificado com um tiro à queima roupa, lembra? E Bento XVI, coitado, foi tão perseguido que acabou tendo que renunciar, como se fosse um incompetente. Escândalos e mais escândalos estouraram em seu pontificado. Até seus documentos pessoais foram roubados, para poder chantageá-lo.
  
E agora com Francisco não existem mais escândalos sexuais nem financeiros. A mídia, controlada pela maçonaria o está endeusando, fazendo dele um ídolo, um líder inovador, um mito. Reis, rainhas e governantes têm vindo beijar o seu anel, em reverência a “sua santidade”. Que mudança brusca, não é mesmo?
  
Mas o que deseja Francisco? É simples: a luta entre Deus e o diabo continua. Como o diabo sabe que nada pode contra Deus, passar um tempinho sentado na cadeira de Pedro já está bom, pois de lá ele pode “abrir a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu” (Apoc. 13-6).
 
Outra missão de Francisco é facilitar o surgimento do anticristo, pois ele trabalha segundo as ordens deste, pois está sob sua vigilância, como vemos em Apocalipse 13-12. Foi primeiro preciso “ferir o pastor” (Zacarias 13,7), ou seja tirar Bento XVI, para que as ovelhas fossem dispersas (os fies). A partir de agora haverá uma grande confusão e divisão dentro da igreja católica e no mundo todo, e no meio desta confusão surge o anticristo apoiado por Francisco, que aliás já declarou que o microchip (marca da besta) é benéfico para a humanidade, não existindo na Bíblia nada que impeça o seu uso (será que Francisco já leu o Apocalipse alguma vez?)
 
Outra missão suja de Francisco: promover o aborto e o homossexualismo no mundo. Estes dois pecados são abominações e dão poder à satanás. É por isso que tem dinheiro à vontade para promover parada gay no mundo todo e para praticar o aborto. No Brasil o próprio governo paga o médico para a mulher que queira abortar. Recentemente Francisco afirmou que os católicos são “obcecados” com o aborto e o homossexualismo.
  
Sublimarmente ele disse: “esqueçam aborto e homossexualismo”. Aliás, quando esteve no Brasil Francisco não fez nada para evitar o aborto, cuja lei já estava pronta, e que agora foi assinada por Dilma.
Francisco está usando mensagens sublimares, para blasfemar contra a igreja, para ser mais claro, para avacalhar mesmo com ela.
Quando perguntado pela repórter o que achava do lobby gay dentro do vaticano, Francisco respondeu:

“ser gay não tem problema”. E deu uma grande pausa. E depois continuou: “o problema é o lobby gay”.
A mensagem sublimarmente passada: o homossexualismo está liberado. Resultado: explosão do homossexualismo no mundo, tendo sido Francisco eleito o “homem do ano”, pela maior revista gay dos estados unidos. Eu já vi, na missa, vários casais gays se acariciando como se fosse a coisa mais normal do mundo. E ninguém pode falar nada, pois Francisco liberou, mesmo que sublimarmente.
 
Mas o pior de tudo é que Francisco está atentando contra o sacrifício de Cristo na Cruz. A blasfêmia maior de todas é a de negar o culto devido só a Deus para dá-lo às criaturas e ao próprio satanás.
 
Cristo derramou seu sangue na cruz para nos salvar. Foi para pagar o pecado de Adão e nos reconduzir ao Pai que Cristo se sacrificou por nós.

Agora, Francisco está anulando o sacrifício de Cristo. Recentemente ele disse: “não é preciso converter ninguém. Ajude o pobre e vá embora”.
Esta afirmação pode parecer bonita e caridosa, porém, ela elimina o sacrifício de Cristo.
  
Ajudar o pobre, o menor abandonado, o doente, a viúva desamparada e todos aqueles que precisam, é uma conseqüência do amor à Deus. Se amo à Deus, também amo ao meu próximo, e consequentemente o ajudo naquilo que ele precisa. Enquanto esteve na terra, Cristo ajudou intensamente os necessitados. Ajudar ao próximo é uma excelente atitude, que vai ajudar no nosso julgamento diante do Pai, pois “seremos julgados pelas nossas obras” (Rom 2-6).
  
Mas veja bem, o que salva não é a caridade. Jesus quando enviou os doze apóstolos disse:

“Ide ao mundo e pregai o evangelho à toda criatura da terra. Aquele que crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16-16).
Cuidado, você pode passar a vida toda fazendo caridade e ir para o inferno.
  
E é isso que o papa Francisco quer, lhe levar para o inferno. Ele quer tirar Cristo do centro e colocar os pobres, mas pobre não salva ninguém, quem salva é Cristo.
  
Outra armação pesada de Francisco: “todas as religiões levam a Deus”. Parece bonito não é mesmo? Assim sendo, você pode ir na macumba, que lá você irá encontrar a Deus também.
   
Mas pense nisto: só Cristo morreu na cruz, logo, o caminho para o céu, é somente através dele. Você já viu algum Buda crucificado? Maomé foi pra cruz? E Alan Kardec, passou por lá?
Veja o que disse o próprio Jesus:

Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14,6).
Repetindo o que disse Jesus:” Ninguém vem ao pai senão por mim”.
  
Cuidado: quando Francisco anunciar a criação da igreja ecumênica mundial, unindo todas as religiões, não caia na lábia dele. O que ele quer é lhe afastar de Cristo e levá-lo à Satanás.
  
Aqui novamente Francisco está querendo lhe levar para o inferno. Siga um caminho diferente ao de Cristo e você vai ver onde vai parar. 
Aliás, recentemente Francisco disse que o inferno não existe mais. O que ele quer, é que você não creia mais na existência do inferno, para lhe mandar para lá.
  
“Roma perderá a fé, e converter-se-á na sede do anticristo". Sabe quem disse isto? Parece coisa de fanático, não é mesmo? Mas esta afirmação é de Maria, mãe de Jesus e nossa, em La salette, França em 1846, aparição reconhecida pela igreja. Veja a mensagem completa (http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/366/Os-Segredos-de-La-Salette), você vai se surpreender.
  
Na verdade, a partir de La Salette, Maria antecipou o que iria acontecer no mundo. Em Fátima, Portugal, em 1917, Maria disse que o demônio se infiltraria até o vértice na igreja, além de ter previsto o fim da primeira guerra, a expansão do comunismo e o início da segunda guerra. Acredita-se que o fato do demônio ter chegado ao papado, faça parte do terceiro segredo de Fátima, que na verdade não foi divulgado.
  
Em Akita, Japão em 1973 Nossa Senhora disse:

"O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos. Serão desprezados os padres que me veneram e terão opositores em todos os lugares. Haverá vandalismo nas Igrejas e altares. A Igreja estará cercada de asseclas do demônio que conduzirá muitos padres a lhe consagrar a alma e abandonar o serviço do Senhor".
Eu já vi dois padres, em uma emissora católica, em rede nacional, incentivar o casamento civil gay, e ainda citam as encíclicas do papa Francisco para justificar tal abominação. O que os padres não dizem, é que os afeminados vão para o inferno, pois “não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor 6, 9-10), e também Apoc 21.8: Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte. Se você ler as mensagens marianas como La Salette, Akita, Fátima, Lourdes e outras, vai se surpreender com o que Maria tem dito. O problema é que Deus e sua mãe foram esquecidos por esta geração.
         
Assim sendo, o aviso foi dado. Muita coisa ainda vai acontecer daqui para frente. Fique atento pois Cristo realmente está voltando para instalar seu definitivo reino de amor.
Não fique de fora.
     
Movimento de Resistência Católica Viva Bento XVI
 
 
 
 
   
VEJAM ESTAS OUTRAS POSTAGENS AQUI. CLIQUEM NOS LINKS PARA ABRIR.
     
      
Papa Chico traidor
   
   
Papa Chico volta a ''atacar''

   
   
Possível atentado contra o Papa Francisco

 
   

26 de dezembro de 2014

A maioria do povo é contra o desarmamento civil. Ainda bem!


Maioria da população quer revogar o Estatuto do Desarmamento, só precisam se reunir mais e se organizar melhor.
      
 
 
Temos 50 mil homicídios no Brasil, registrados no ano de 2013, foram cometidos por marginais armados até os dentes. Este cenário desolador, pode mudar com a revogação desta aberração, o estatuto do desarmamento é uma fraude pois vai contra o resultado do referendo de 2005. Na prática, só serve para deixar o cidadão desprotegido nas mãos de vagabundos. 
 
Com o desarmamento, 90% do comércio de armas de fogo foi reduzido no Brasil e a taxa de homicídios com armas de fogo teve um aumento real (descontado o crescimento demográfico) de 7%. O estatuto atual mata e defendê-lo é defender os criminosos que puxam o gatilho.

Para acabar com a violência, o nosso governo resolveu desarmar as VÍTIMAS !!!
  
Na última década, o aumento do número de homicídios no Brasil está diretamente ligado ao Estatuto do Desarmamento, de 2003, que levou à entrega voluntária de mais de meio milhão de armas nos dois anos seguintes à sua aprovação, armas apenas das mãos do cidadão de bem que motivado pela forte propaganda governamental foi induzido a achar que essa seria uma boa saída para a redução da violência, mas o que vemos é o marginais cada vez mais armados e mais violentos.
   
Mas deputados alinhados com o anseio popular se organizam para revogar o Estatuto e facilitar o porte de armas ao cidadão devidamente treinado . O projeto de lei 3722/2012 do deputado Peninha Mendonça (PMDB/SC) pode ser votado em plenário no dia 10 de dezembro. 

O que ocorre hoje é um total desrespeito ao atual Estatuto, onde "autoridades" detêm o monopólio do poder discricionário de "permitir ou não" um cidadão de bem de exercer um direito. Sempre é bom lembrar que em 2005 59.109.265 de brasileiros (64% dos que comparecerem ao referendo sobre a venda de armas no Brasil) disseram NÃO a proibição da venda de armas no País. Ignorando esse resultado os Governos, Federal e Estaduais, agem na contramão da decisão popular, criando dificuldades e simplesmente negando aos cidadãos a permissão da compra ou porte de armas. Assim, a revogação do atual Estatuto do Desarmamento é muito mais que "flexibilizar" a legislação mas garantir um direito, o da legitima defesa da vida, coisa que o Estado Brasileiro mostrou-se absolutamente incompetente, haja vista as mais de 53 mil pessoas assassinadas em 2013 no Brasil.
      
Para pressionar o Congresso, entidades da sociedade civil, manifestaram-se a favor da revogação que conta com o apoio e participação da população. "É inconcebível que uma lei surgida por parte do governo, retire o direito universal da legítima defesa. Esperamos que os deputados tenham a coragem de revogar e represente a vontade popular.
  
Ajude o MVB, filie-se ou faça uma doação de qualquer valor: www.mvb.org.br/colabore
   
O MVB é umas principais ongs que lutam para a revogação dessa aberração chamada Estatuto do desarmamento.
 
http://amigosdaguardacivil.blogspot.com.br/2014/11/maioria-da-populacao-quer-revogar-o.html


 


COMPREENDA AS REAIS INTENÇÕES / MOTIVOS PARA DESARMAR A POPULAÇÃO CIVIL ORDEIRA E TRABALHADORA.








 

25 de dezembro de 2014

O suicídio do Ocidente - Um erro sem volta


Texto enviado pelo internauta colaborador "Japonês 76".
   

    
     
As vezes me pergunto o porquê de nossa civilização ocidental ter desenvolvido algumas células cancerígenas que podem a qualquer momento matar o paciente.
  
Vou mais fundo:
 
É um fato consumado a civilização ocidental ser a mais bem sucedida da história, e por uma ampla margem quando comparamos com as outras (chinesa, persa, árabe, etc.). Dentre os fatores que levaram ao triunfo final do Ocidente, posso enumerar a competição entre reinos (ou cidades estados) descentralizados, a busca por mercados lucrativos e o consumismo das mesmas sociedades, o entendimento e respeito de algo chamado propriedade privada, a ciência moderna livre de xamanismos e superstições, e por último, a ética do trabalho acima de tudo. Com a mescla natural desses fatores, o Ocidente pode sobrepujar os quatro cantos da terra e impor uma duradoura e benéfica civilização (claro, muitos equívocos foram cometidos e muitos povos pagaram o preço do progresso, o que cá entre nós, é bem normal no âmbito das conquistas 'civilizatórias'). Hoje posso acertadamente afirmar que o mundo se ocidentalizou, pois veste, come, fala e negocia como se fosse parte intrínseca do Ocidente. Agora, objetivamente falando, posso descrever o que chamo de Ocidente como um aglomerado de países (originalmente europeus), que ao se aventurarem além mar estabeleceram entrepostos pelo globo; vamos lá, estes são hoje países definidos como ocidentais (ou ocidentalizados em alguns casos): Reino Unido, França, Holanda, Bélgica, Suíça, Itália, Alemanha (um caso à parte, pois durante a primeira metade do século XX se comportou como membro rebelde e destrutivo), Áustria, Luxemburgo... Portugal, Espanha, Irlanda e alguns países do Leste Europeu se ocidentalizaram no fim do último século; Estados Unidos e Canadá (que foram colônias britânicas e francesas); Austrália e Nova Zelândia (ainda ligadas à coroa britânica); Guiana Francesa e algumas ilhas no pacífico (que pertencem à França); e finalmente, Israel, o mais importante entreposto ocidental num mundo alienígena e bárbaro (o mundo árabe-islâmico). A América Latina é a chamada ovelha negra do Ocidente, pois apesar dos laços inquebrantáveis com a Europa, ainda teima em se comportar de forma tola e rebelde, negando veementemente as pátrias mães... e ainda podemos citar o Japão, que apesar de ser uma nação tão ou mais antiga que a Grécia de Homero, hoje está completamente ocidentalizada, mas mantendo seus costumes mais importantes; e serve também como entreposto no extremo oriente. O resto do mundo tenta copiar à sua maneira a nossa civilização, e as vezes de forma dúbia e absolutista. O maior inimigo do Ocidente chama-se mundo islâmico; um universo paralelo completamente hostil às nossas noções de direito e conduta, e um antagonista que vem a cada ano se infiltrando em nossas terras, nos deixando como uma espécie de Roma Moderna, sendo lentamente engolida por bárbaros alienígenas.
 
Do seu aparente triunfo, o Ocidente conseguiu, em seu âmago, produzir sua própria Kriptonita, sua própria destruição. Foram os seus filhos mimados e de boa saúde que idealizaram no século 19 os cânceres que viriam atormentar no futuro sua própria descendência. Eles criaram o socialismo e o comunismo (no fundo são a mesma coisa!), o Estado do Bem Estar (Babá), o anarquismo, o feminismo (nem a ciência vai ajudar a mulher a se reproduzir sozinha!), o ambientalismo (a extinção da espécie humana como objetivo!), e finalmente, o relativismo moral. Todos esses tumores malignos foram desenvolvidos no seio de sociedades ricas e prósperas, pelos seus mais torpes bambinos, todos, diga-se de passagem, muito bem de vida. Se formos ao fundo disso tudo, chegaremos à lógica conclusão que o objetivo final (acidental ou não) desses dissidentes é a destruição de nosso modo de vida... que força estranha é essa? Haveria uma explicação metafísica? Seriam os povos aborígenes reencarnados que foram colonizados no passado voltando com a vingança nos olhos? Não, nada disso, essa anomalia nada mais é que o produto do excesso de conforto e acomodação da vida moderna. Roma passou por isso há mais de 1.500 anos, e os sintomas são os mesmos, agora pergunto: quem irá nos suplantar? Seria um Califado Islâmico? Seria uma civilização eurasiana maluca e ditatorial, combinando elementos ocidentais e asiáticos? Ainda há tempo de reagir.
  
   
 
Artigo do Jornal Eletrônico Mídia sem Máscara.
    
     
      
     
Artigo do Júlio Severo
    


   
  
  
    
   
VEJAM ESSE ARTIGO DESTE BLOG.